segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

A GALERA DE POA


Na minha retaguarda, da esquerda para a direita: Rúfio (bem no cantinho), Luna (deitada), Má, Kyra, Tobias (prestes a fugir), Dóris e Bart.
,
Atendendo a pedidos enciumados, aqui vai a apresentação dos meus novos amiguinhos de Porto Alegre. É claro que, assim como falei carinhosamente da minha galera do Ibirapuera, eu iria apresentar também a minha galera gaúcha.

Pois bem, como já mencionei, nos fins de semana aproveito a companhia dos meus donos para explorar novos terrenos… conhecer novos parques e novas pracinhas. Mas, durante a semana, quando somos somente eu e a minha dona, vamos todas as manhãs à pracinha que fica bem ao lado de casa.

Para falar a verdade, não sei o nome. Mas é uma típica pracinha de bairro, rodeada por casas e alguns edifícios e freqüentada diariamente pelas mesmas pessoas…geralmente moradores das redondezas que vão ali para se exercitarem e passearem as crianças ou os cães.

A pracinha é relativamente grande, arborizada e gramada. Tem uma quadra poliesportiva e um playground com brinquedos para as crianças. Também tem bancos espalhados à sua volta e lixeiras. Mas peca um pouco em dois quesitos: primeiro, no quesito limpeza, por um lado porque a coleta do lixo não é muito freqüente e depois porque algumas pessoas não cumprem o dever de recolher os dejetos dos seus animais (que vergonha!!); também peca no quesito segurança, sendo que às vezes percebemos a presença de usuários de drogas e possíveis traficantes. Até mesmo já presenciamos alguns assaltos.

Bom, mas é o nosso espaço e a nossa opção de lazer diário e, à parte destes itens citados (que também ocorrem em muitos outros lugares) o importante é que nessa pracinha fizemos (eu e a minha dona) amizades “trilegais”. Tem um grupinho de cães assíduos que, assim como nós, estão lá todos os dias. Alguns deles acompanham os seus donos. Outros vão com o Adão, um adestrador muito legal e amante dos animais que se esconde por trás de uma capa de “durão e disciplinador”. Fala alto (às vezes até berra!!!), dá bronca e até nos põe de castigo quando algum de nós passa demais dos limites. Eu sei que isso é importante para que ele seja respeitado e para que haja alguém capaz de nos educar e de por uma ordem na nossa baderna…alguns dos freqüentadores são realmente travessos!!! Mas, no fundo, ele é um cara doce, carinhoso…amolece fácil, com algumas lambidas….


Concentração no Adão: broncas e brincadeiras.

Com o Adão, estão sempre a Má, a Kyra, a Luna e a Dóris (quando sua dona viaja e não pode levá-la). Os outros vão com seus respectivos donos.

A e a Kyra, são duas belas Weimaraner que pertencem ao próprio Adão. São as matriarcas do grupo. Sérias e compenetradas, estão sempre alerta ao movimento que nos rodeia, às pessoas e aos cães desconhecidos que se aproximam. Bom, sempre, sempre não….de vez em quando, especialmente a Kyra, elas dão uma sumidinha para que o Adão não as veja comendo o que não devem.


A Má - uma das matriarcas - a Dóris e a Luna e o Bart.

A Luna é uma Labradora, negra e rechonchuda. É aluna do Adão, bem comportada, adora brincar com bolinhas e outros brinquedos. Principalmente se tiver que disputar o brinquedo com a Dóris.

A Dóris é uma Bóxer, a segunda na hierarquia das matriarcas. Quando a Má e a Kyra não estão a postos, lá está ela. Pronta para assumir a posição de guardiã da matilha (incluindo os humanos!). Um pouco reclamona, é verdade. Faz o maior barulho quando se entrega às brincadeiras. Só falta falar.

O Bart é o representante macho dos Golden Retriever. Um pouco mais novo do que eu, chegamos ao grupo quase na mesma época. Ele ainda era um filhotinho, mas agora já está um belo adolescente. Ah, se eu não fosse castrada….ahahahaha

O Bernardo (ué, mas esse não é o nome do meu dono??!!) é o mascote da galera, o nosso baby. Um Labrador chocolate, de olhinhos verdes, como manda o figurino. Lindo, fofinho, mimado e elétrico…encantador como todo filhote.


Tobias: prestes a atacar o alvo, mas o Ber não é bobo!!

O Tobias….bem, esse dispensa apresentações. Legítimo exemplar de Pointer. O fujão, o menino traquinas da galera. Com seu jeitão meio tonto, vive aprontando. Deixa o Adão louquinho e, às vezes, até consegue tirá-lo do sério. Fica de castigo dezenas de vezes, ouve inúmeros sermões mas nem parece que está sendo recriminado. Na verdade, todos nós (cães e humanos) nos divertimos com as trapalhadas dele e a sua cara de “pateta” (isso mesmo, parece o Pateta daquele desenho, do Walt Disney).

O Rúfio é um labrador amarelo com pinta de galã. Se acha o conquistador. Quando surge uma fêmea nova no pedaço ele logo quer se dar bem. Mas nem sempre consegue. Na verdade, eu nunca o vi ser correspondido. Comigo foi assim, mas logo tratei de colocá-lo em seu lugar. Ah, comigo é que não!!! Mas, passada essa primeira etapa de tentativa de sedução, ele aceita de coração a amizade e se torna um belo companheiro de brincadeiras.


Sassá, o "negão", e seu fiel escudeiro, o Flake

E, por fim, tem a dupla dinâmica, o Flake e o Sassá. Inseparáveis como o “Batman e o Robin”. O Flake é um belo e musculoso Dálmata. Foi o primeiro que conheci. Muito gentil, delicado e companheiro. Adoro brincar com ele. E o Sassá é um SRD (sem raça definida) ou Vira Lata, como preferir. Um negão muito elegante e sério. Não é muito dado a brincadeiras, prefere ficar na dele, tranqüilo, só observando de longe aquela agitação toda da filhotada. É também um tanto invocado, não poupa esforços para expulsar do seu território, especialmente, os machos forasteiros que se metem a besta com as damas do seu bando.

Ah, tem também a Madona (louca por bolinhas!!) e a Linda (“a gorda porca”, como diz a própria dona dela. Vai saber o porquê?), mas elas não são tão assíduas como nós. Não vão todos os dias, mas quando aparecem são mais que bem-vindas!!


"Vamo" lá Ber, levanta. Ataque ao Tobiaaaasss!!!

Taí, agora todos já conhecem o meu “bando gaúcho”. Infelizmente não deu para tirar uma foto nossa tomando chimarrão….fica para a próxima!!!

Dando um nocaute no Tobias, mas ele não toma jeito...

video

Clique na imagem e aguarde carregar o vídeo.

Um comentário:

  1. Oi Cléo!!!
    Estamos aqui para dizer que adoramos te conhecer !!!Tu és uma grande amiga,adoramos correr e brincar contigo todas as manhãs...é uma pena que o tempo passe rápido e que daqui a pouco tu já volta para Sampa. O importante é que agora tu faz parte da nossa galera para sempre, uma galera TRILEGAL, que vai sentir saudades (achamos que nossas donas tb vão sentir falta de fofocar e ficar conversando a manhã toda, e como falam né?!)
    Tu estás crescendo e se tornando uma linda golden, pena que não é pro nosso fucinho auauauauau
    Parabéns pelo blog tá demais!!!
    Muitas lambidas com todo o respeito dos teus amigões Flake e Sassá

    ResponderExcluir